Salve ó Maria, esperança do mundo! – Clave de Sol – Arautos do Evangelho

O Gregoriano é o canto da Igreja. Experimente essa paz, esse silêncio, essa suavidade que refrigera a alma. A interpretação é feita pela Coro e orquestra dos Arautos do Evangelho, sob a Regência de João Clá, Monsenhor, fundador da Associação Internacional de Direito Pontifício: Arautos do Evangelho
_________________________________________________________________

Salve oh Maria, esperança do mundo; salve oh benigna, salve oh piedosa; salve oh cheia de graça!
Salve oh virgem singular, roseira que arde sem se consumir!
Salve oh especiosa rosa! Salve oh vara de Jessé cujo fruto quebrou as correntes de nossa prisão!
Salve, cujo ventre teve um filho que venceu a lei da morte.
Salve, Virgem sem igual, que trouxeste a alegria para o mundo que gemia em prantos.
Salve, oh lâmpada das virgens, através da qual a luz celestial brilhou para aqueles que jaziam nas trevas.
Salve, oh Virgem de quem quis nascer e de cujo leite quis se alimentar o Rei do Céu.
Salve, oh gema preciosa das luminárias do céu!
Salve, oh santuário do Espírito Santo!
Oh, que maravilha, como é louvável essa virgindade em que o Espírito Paráclito fez brilhar a fecundidade!
Oh, quão santa e serena, abençoada e amena é esta virgem, por quem foi encerrada nossa escravidão, foi nos aberta a porta do Céu e ganhamos nossa liberdade.
Oh lírio da castidade, intercedei por nós junto a vosso filho, que é a salvação dos humildes: para não sermos condenados eternamente por causa de nossos pecados no dia de nosso justo juízo.
Antes bem, que vossa oração nos lave das máculas do pecado, e nos instale na casa da luz eterna.
Digam todos os homens: Amém!